Entrevista com o professor João Toledo

João Toledo

Entrevista  com o professor João Toledo da Faculdade Unifieo

Revista Virtus: Primeiramente eu gostaria de parabenizar você pois eu te acho um excelente professor e profissional da área, comece contando sobre a sua carreira, porque escolheu trabalhar com design?

João Toledo:
Muito obrigado, mas ainda tenho muita coisa para aprender, produzir e compartilhar. Bom… eu escolhi trabalhar com design para fazer cartazes, acho que ainda vou fazer alguns. Escolhi o curso de Desenho Industrial com habilitação em programação visual para ter uma formação voltada para o design gráfico. Eu imaginava que, saindo da faculdade, iriam chover trabalhos nessa área, mas… acabou sendo um pouco diferente e, mesmo tendo uma boa produção na área gráfica e digital, nunca fiz um cartaz rsrsrsrs.

Na época eu DETESTAVA a produção digital para web, e hoje não me vejo sem ela. Assimilei, incorporei e, atualmente, é o meu objeto de pesquisa e a plataforma de desenvolvimento de projetos que mais me fascina.

Revista Virtus: O que é design para você?

João Toledo:
Eu não posso assumir a responsabilidade de definir uma área tão abrangente como o design. Existem acadêmicos, profissionais, associações e grupos montados exatamente para isso. Mas, devemos olhar para a história do design e entender o momento em que estamos. O design evolui juntamente com a sociedade, os princípios, os conceitos, a cultura, a tecnologia e com as ferramentas à disposicão para a construção de obras que exploram novas linguagens de comunicação. Não é possível definir o Design em poucas linhas, é uma discussão que poderia se estender por muitas e muitas páginas, ou telas, de texto. Design é diacrônico, a producão retoma referências e conceitos antigos, usados e abusados e os reposiciona em projetos, com hipóteses, às vezes mais experimentais, outras vezes mais mercadológicas.

O que já foi forma e função, atualmente, é forma, função, arquitetura de informação, fluxograma, roteiro, montagem, técnica, programação, interatividade, funcionalidade, acessibilidade, usabilidade, atualização, cambiante, códigos, equipamento e disposicão, muita disposicão aliada a um ingrediente mágico: metodologia. Se eu pudésse estabelecer uma relação de significado para o design, seria: Design=Metodologia=Projeto.

Revista Virtus: Você montou uma empresa chamada Carbono não é mesmo? Como foi essa época e o que isso trouxe para você? Como é cuidar do seu próprio negócio?

João Toledo:
Na verdade, eu não montei, a empresa aconteceu. Foi um freela, outro, outro, e quando vi, eu e um amigo estávamos precisando dar nota fiscal, fazendo reuniões, administrando outros freelancers, enviando boleto, contratando contador e tínhamos aberto a empresa.

Foi uma época muito boa, aprendi muita coisa na marra. Coisas extremamente diferentes do que é o trabalho de um designer, foi nesse período que eu conheci uma outra área relacionada ao design, a administração, planejamento, gestão. Cuidar do próprio negócio é um “pé no saco”, é todo mundo te cobrando, afinal, uma empresa não anda sozinha. O sucesso do negócio depende de muito empreendedorismo, eu aprendi que não dá para ficar esperando as coisas acontecerem, nada cai no seu colo por acaso. E mais importante ainda, é preciso conhecer a capacidade de produção e os limites de cada um envolvido em cada projeto.

Revista Virtus: Na relação com o cliente é mais importante ouvir ou falar?

João Toledo:
O mais importante é ouvir bastante, para saber o que falar e na hora certa. Abrir a boca na hora errada pode ser muito prejudicial, assim como mantê-la fechada.

Revista Virtus: Qual é a tendência do momento na web e o que é web colaborativa?

João Toledo:
A tendência da web são projetos que facilitem a vida do desenvolvedor e do usuário, no que diz respeito a produção de conteúdo, facilidade de atualização, ousadias no layout e recursos interativos, que envolvem texto, imagem, som e vídeo.

O que esta ganhando destaque cada vez maior é a produção com vídeo, e não estou falando de You Tube, mas de projeto estruturados com imagem e movimento, no qual o layout é baseado em producões videográficas. Acho que essa é uma tendência nos próximos momentos da internet, juntamente com o HTML 5.0.

No quesito web colaborativa é necessário pensar em uma mudança de mentalidade e não de tecnologia. A forma de pensar a produção do indivíduo e de assumir um compromisso com o conhecimento, abrir mão de rótulos e títulos e ter o reconhecimento pela participação, pelo todo. E também reconhecer a autoria do outro e utiliza-la à favor da produção para o coletivo, para o social. É como projetos de Design podem ser reconhecidos relacionados à responsabilidade social, responsável com o conhecimento social.

Revista Virtus: Qual o futuro das mídias sociais? O Twitter seria uma febre passageira como foi Second Life ou veio pra ficar?

João Toledo:
As mídias sociais são para o futuro, talvez não nesses modelos que temos hoje, mas veio para ficar

Revista Virtus: Na sua opinião, o que os web designers precisam fazer para ficar por dentro do mercado?

João Toledo:
Estudar, sempre, não só os web designers, qualquer profissional precisa estudar muito hoje em dia, senão fica ultrapassado. É muuuuito difícil ser o melhor e isso requer anos e anos de dedicação, mas, não adianta ser bom, é preciso continuar bom.

Revista Virtus: Quais designers você admira e onde você busca referências para trabalhar?

João Toledo:
Busco referências em todo canto, quando se vive o design, tudo é design. O gosto pessoal, cor preferida, crença, time de futebol,  e principalmente preconceitos, a gente deixa em casa, na gaveta de cuecas e andamos sempre de mãos dadas com os princípios éticos que envolvem a profissão. É o que define que tipo de profissional é cada um. Nesse cenário, uma esquina xexelenta, uma pessoa estranha, um prato típico e exótico, uma fachada deslumbrante, um sticker, um clipe brega, qualquer coisa pode ser referência, depende do projeto. O design se estabelece na mediação do ser humano com a cultura, percepcão, hábitos sociais etc.

Procuro muitas coisas em livros e revistas da área, além de garimpar alguns sites interessantes por aí. Gosto dos trabalhos de muita gente: Gringo, Felipe Memória, Dave McKean, Vik Muniz, Oz Design, Colletivo, REX, GAD, Souzacampus, Ligthstar entre outros.

Revista Virtus: Qual foi o momento mais difícil da sua carreira?

João Toledo:
Toda vida profissional tem momentos difíceis, acho que conciliar a produção, o trabalho de designer no mercado, com a formação acadêmica é complicado. Falta tempo para que todas as pesquisas na área se transformem em artigos, matérias, palestras e aulas. Mas é extremamente gratificante quando se consegue fazer, e viver de uma coisa que gosta. E o design é o que eu gosto, então, qualquer dificuldade é encarada como mais um desafio, sempre. E uma vida sem desafios é bem sem graça, certo?

Revista Virtus: Com a evolução da tecnologia, as novas mídias e as redes sociais, com o usuário participando e gerando conteúdo, como você vê que o meio impresso está se comportando perante isso, sendo que as pessoas estão migrando mais para o digital?

João Toledo:
O meio impresso se comporta muito bem. O que temos que estudar é como as pessoas se comportam diante do ambiente digital. Para o designer é um processo de reflexão sobre como se dão as relações de percepção, interatividade e familiaridade com a tecnologia, de busca de informação e o que podemos considerar como construção de conhecimento. Os modelos devem ser repensados, cada meio de comunicação tem o seu papel, e para conseguirmos extrair o potencial de cada um deles é preciso levantar questões de adequação ao suporte e adaptação de conteúdo. Questões essas que se desenvolvem na metodologia e execução dos projetos.

Revista Virtus: O que é o seu projeto Web Cultura? E como você define a cultura digital?

João Toledo:
O WebCultura é um projeto que nasceu com o mestrado, é uma pesquisa sobre elementos visuais, textuais, sonoros, imagéticos, cinéticos, interativos e culturais, versão “beta” (para usar um termo da moda!), ou seja, está sempre em atualização. É uma busca contínua sobre o desenvolvimento do design, que integra minha atuação como designer, pesquisador e professor da área.

Revista Virtus: Que conselho daria a quem pretende seguir a carreira de designer?

João Toledo:
Estude MUITO e sempre. Café, coca-cola e rock n’ roll ajudam. E mais importante do que qualquer coisa, nunca subestime o poder da happy-hour!
Entrem no site http://webcultura.com.br/blog/

17 Respostas para “Entrevista com o professor João Toledo

  1. Parabens prof. João!!!
    Interessante e inspiradora a sua entrevista!
    Cafe, coca-cola e rock ‘n roll…sempre!!!
    hahahaha…
    Abraços Ricardo Lorande 6 DD

  2. Pingback: Tweets that mention Entrevista com o professor João Toledo « REVISTA VIRTUS -- Topsy.com·

  3. Legal João! Precisamos discutir pessoamente esse negócio do poder do happy hour….achei deveras interessante, gostaria de testar na prática!

  4. Eu sou suspeita pra falar desse rapaz rs! Além de ser um ótimo profissional é uma excelente pessoa! Adorei a entrevita,só não concordei com o rock n’ roll rsrsrs! Parabéns João!

  5. Pingback: Novo design das cédulas « REVISTA VIRTUS·

  6. Pingback: Redesign da marca da MTV « REVISTA VIRTUS·

  7. Pingback: O principio de tudo! « Designer do Reino·

  8. Pingback: Rolê na Paulista com a Revista Virtus – 1° vídeo « REVISTA VIRTUS·

  9. Pingback: Introdução à tipografia para a Internet « REVISTA VIRTUS·

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s