Privacidade é mito: Somos todos celebridades

Olá amigos, está é uma matéria cedida por  LULI RADFAHER (luli@luli.com.br) é Ph.D. em comunicação digital pela ECA-USP, de onde também é professor há mais de dez anos. Trabalha com internet desde 1994.

1228931599_45bd5b6ea6

 

 Não é mais novidade pra ninguém que as mídias sociais esmigalharam a idéia que se tinha de privacidade e, conforme o ponto de vista, até de pudor. No entanto a diferença entre um indivíduo popular na web – ou do seu primo com 999 amigos no Orkut e seguido por outros tantos no Twitter – e o Tom Hanks ainda é enorme. Ela tem muito pouco a ver com os zilhões de dólares que o eterno Forrest Gump tem em conta. E no entanto eles são tão semelhantes…

Entre as diferenças óbvias de uma celebridade das antigas e seu correspondente no século 2.0 está, obviamente, o tamanho do impacto. Cada pontinho sem vergonha no IBOPE é equivalente à audiência de uma vida no cibermundo. Outra distinção digna de nota é, obviamente, a capacidade e o potencial de interação que as personas públicas digitais têm, o que naturalmente as torna mais próximas e – por que não dizer – mais reais que as cabeças falantes da Vênus platinada. Até aí, nada de novo. Mas talvez a maior diferença entre essas gerações de celebridades esteja em um aspecto que poucos tendam a levar em conta: sua espontaneidade.

Leia mais sobre essa matéria no blog de LULI RADFAHER

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s